Segunda - Sexta8 h às 18 h
EndereçoAv. Baruel, 246 | Casa Verde, São Paulo.
Nossas redes sociais

Pagamento de juros por falta de previsão de caixa?

Juros-bancarios

O pagamento de juros pode ser uma verdadeira armadilha para quem não entende de finanças. São como pequenos monstrinhos que vão devorando o capital com uma fome voraz.

É pior ainda quando eles surgem pela falta de previsão do caixa, isso é um dos piores pesadelos do empresário.

Esse texto servirá para te explicar sobre esses juros, e também te dá um encaminhamento para sair dessa situação.

 

Começando pelo básico: o que é pagamento de juro?

Segundo o site Significados, juros podem ser definidos como:

“Juros é o rendimento que se obtém quando se empresta dinheiro por um determinado período

Esta é uma definição mais leiga, sem entrar em questões econômicas. Enfim, então juros é como se fosse uma taxa extra ao empréstimo, que pode aumentar enquanto no período em que a dívida não foi paga (juros compostos), ou já ser uma taxa definida (juros simples).

Quem irá receber o valor dos juros é o credor. Aquele ou aquela que emprestou o dinheiro da dívida. O valor das taxas dos juros fica a critério desta figura do credor.

Esse é o básico do básico sobre juros, se você souber sobre mais informações sobre juros, deixe nos comentários abaixo. Quem sabe, talvez o seu comentário possa ser o tema do próximo texto.

 

Existe regra para o valor dos juros?

Existe sim, e está prescrita pela lei!

Está previsto no art.406 e 161 do Código Civil, parágrafo primeiro do Código Tributário Nacional (ou seja, vale para todo país), que o máximo que os juros podem ser cobrados é de 1%.

A porcentagem deve ser cobrada igual a quantidades de dias atrasados do boleto, isso baseado no período de 30 dias. 

Fazendo cálculo então, dividindo 1% por 30 dias, teremos o resultado de 0,33%.

 Este é o porcentual máximo que se pode cobrar nos juros. Assim, basta multiplicar o valor de 0,33% pela quantidade de dias de atraso.

Essa parte parece ser um pouco mais técnica, mas é importante ter conhecimento dessa lei, principalmente se você é diretor de empresa, já que existe sempre  alguém de má índole que tentará cobrar por mais.

 

Juros e o caixa

Já falamos aqui no blog sobre o fluxo de caixa, e nessa parte vamos falar um pouco desse assunto. Então, se você não conhece esse termo, recomendamos muito que leia esse texto aqui.

Bom, vamos lá. Sabemos muito bem o que uma má administração do caixa pode fazer um verdadeiro estrago nas empresas.

Parte desse estrago é devido aos juros. Entenda, quem está administrando o fluxo caixa decide fazer um pedido de empréstimo para que a empresa sai ou não entre no vermelho.

Mas acontece que, após receber essa quantia de dinheiro, a pessoa não coloca no planejamento do pagamento do empréstimo, a porcentagem de pagamento de juros.

Isso acaba virando uma bola de neve, principalmente se forem juros compostos, e a dívida só vai aumentando.

Esse é o problema do pagamento de juros por falta de previsão do caixa.

 

Mau planejamento de caixa

Como vimos, esse problema vem muito do mau planejamento por parte da administração do caixa. 

Essa é uma das partes mais importantes da empresa, principalmente da área da financeira. É por esse fluxo de saída e entrada de verba, que a equipe consegue se planejar para o futuro.

Até mesmo aliviar momentos de crise o caixa é capaz de fazer quando está bem-planejado.

Quem estiver responsável pelo controle da administração do caixa da empresa, precisa ser um excelente profissional.

Todavia, muitas empresas (até mesmo as de grande porte), possuem dificuldade em encontrar bons profissionais que caibam no orçamento. Por isso, muitas vezes acabam apelando para a terceirização.

A terceirização da parte financeira, tem uma grande taxa de sucesso nas empresas que utilizam essa estratégia.

Talvez, seja exatamente isso que sua empresa precise agora, para resolver esse e outros problemas na parte financeira.

 

Erros na hora do empréstimo

Para evitar que você caia nessa situação perigosa com juros, vamos falar de erros para não cometer na hora de pegar um empréstimo.

  • Não lembrar de tudo que tem que pagar

Como vimos aqui, sempre existe a possibilidade de esquecer o pagamento dos juros, taxas, impostos, despesas, entre outros. Saiba exatamente o quanto você estará devendo, anote os valores mesmo que sejam centavos. 

Com o tempo, aqueles míseros centavos, podem virar uma dívida de quantidades herculanas, e a sua empresa é quem vai ter que lidar com isso,

  • Pedir um valor alto demais

É preciso muito cuidado quando for pedir um empréstimo. Como precaução, nunca peça um valor que você não tem certeza se pode pagar.  

Não se pode apenas pegar o empréstimo e ver o que dá. Precisa de planejamento estratégico para saber como será usado aquele dinheiro, como pagar a dívida, e de que forma vão ser gerenciados os juros e taxas.

Por isso, é importantíssimo ter uma equipe preparada para essa situação. Se você não tem esse time, ou acha que eles não estão preparados para lidar com essa situação, evite pegar o empréstimo.

  • Ler o contrato de forma desleixada

Este é um erro crasso, mas muito mais comum do que deveria ser.

Não ler o contrato do empréstimo ou fazer isso sem muito cuidado, é a receita para o desastre. 

Você não tem como saber se o credor está escondendo alguma carta na manga. Mesmo que ela ou ele seja de sua confiança, no mundo corporativo, sempre é necessário muito cuidado.

É como o velho ditado popular. “O golpe tá aí, cai quem quer”.

 

Como evitar os juros

Como este texto já está muito longo, vamos resumir essa parte, ok? Mas se quiser mais detalhes sobre esse assunto específico, é só deixar nos comentários.

O que você precisa para evitar problemas com juros ou qualquer outra questão financeira é ter uma equipe bem capacitada, treinada, profissional e confiável.

 Montar um time desses não é fácil para ninguém, mas ainda existe uma luz no fim do túnel. Existem equipes assim já prontas, apenas esperando para serem contratadas através do serviço de terceirização.

ContabilidadeSevilha
A Sevilha Contabilidade ajuda a você a organizar a sua gestão contábil.
Nossa sedeVenha nos visitar
https://sevilha.com.br/wp-content/uploads/2019/04/img-footer-map.png
Siga a SevilhaRedes Sociais
Todos os dias um conteúdo novo em nossas Redes Sociais
ContabilidadeSevilha
A Sevilha Contabilidade ajuda a você a organizar a sua gestão contábil.
Nossa sedeVenha nos visitar
https://sevilha.com.br/wp-content/uploads/2019/04/img-footer-map.png
Siga a SevilhaRedes Sociais Sevilha
Todos os dias um novo conteúdo em nossas redes sociais

Todos os direitos Reservados Sevilha Contabilidade.

Todos os direitos Reservados Sevilha Contabilidade.